Páginas

terça-feira, 5 de maio de 2009

É isso que a FLOWZ acredita, usa e apoia...!

Consumo responsável
É o ato de consumir recursos, produtos e serviços levando em conta seus impactos e conseqüências para o meio ambiente e para a sociedade.

Corantes naturais
São pigmentos extraídos e manejados de forma ecológica, sem poluir o meio ambiente, de espécies nativas locais. No Brasil, por exemplo, são utilizadas plantas como o jenipapo, o açafrão-da-terra, a anileira, o açaí, o angico e o murici para obtenção de boa parte dos corantes vegetais. Já a origem solar dos corantes vegetais, ou naturais, dá às suas cores uma relação direta com a luz. O uso de corantes vegetais na produção de produtos artesanais com certeza requer um processo mais elaborado do que simplesmente comprar um tubo de anilina química na venda mais próxima. Este uso puramente comercial dos corantes químicos acaba por anular a autenticidade de um oficio capaz de integrar o homem à natureza.

Customizar
Verbo originário da palavra inglesa customer, que significa cliente. Utilizado largamente no vocabulário da moda a partir do final dos anos 90, referindo-se à adaptação ou modificação de peças do vestuário segundo o gosto do cliente. A customização, ato de customizar também pode ser feita pela própria pessoa que por meio de bordados, aplicações, recortes ou enfeites, individualiza seu traje.

Produto ecologicamente correto
Resulta do processamento de matérias-primas naturais renováveis, manejadas de maneira sustentável. Seu ciclo deve apresentar a menor quantidade possível de resíduo final. Ex: alimentos orgânicos, madeira de áreas de manejo sustentável, e tinta à base de caseína de leite.

Produto ecológico reciclado
Oriundos da transformação industrial de sua matéria original. Não inclui matérias-primas naturais. Ex: roupas, tapetes, móveis ou luminárias feitas de garrafas recicladas de PETs, material usado em embalagens de refrigerantes.

Roupa reciclada
Para que uma peça de roupa seja reciclada, ela deve ser feita de partes que já existiam antes. Ou seja, os tecidos, fibras, metais e aviamentos devem ser reaproveitados de outras peças de roupa prontas. Isso previne o desperdício de materiais úteis e reduz o consumo de outros novos (junto com toda a energia e os processos químicos necessários para que sejam feitos). Outra vantagem é que as peças recicladas são, na maioria das vezes, peças únicas.

Sustentabilidade
É o processo político-participativo que integra sustentabilidades econômica, ambiental, cultural, além das sustentabilidades coletivas e individuais, para o alcance e a manutenção da qualidade de vida, seja nos momentos de presença de recursos, ou quando há períodos de escassez, cujas perspectivas são a cooperação e a solidariedade, entre os povos e as gerações.

Vestir consciente (definição Ecotece)
Vestir é um verbo presente em nossas vidas todos os dias. Nesse simples verbo cotidiano é possível participar da construção de uma sociedade melhor. Vestir-se com roupas e acessórios ecológicos, que geram renda, é vestir-se de cidadania, é saber que é possível gerar uma mudança no mundo no ato da compra, na escolha do produto, na camisa que se veste. É saber de seu poder como consumidor. É buscar o equilíbrio entre a sua satisfação, a preservação do meio ambiente e o bem-estar social. É vestir-se com consciência. O verbo no infinitivo projeta as infinitas possibilidades de ação de cada pessoa. E todo dia, no momento do vestir de cada um, se conectar com essa proposta, se vestir com esta bandeira para construir um MUNDO MELHOR.

Um comentário:

  1. é isso ai...todos na mesma direção:)continue fazendo este lindo trabalho...beijosss...
    ana

    ResponderExcluir

quem segue